beSafe & Ensino

O ensino, a pesquisa e a extensão universitária foram formalmente agregados pelo princípio de indissociabilidade através da “Constituição cidadã”, em 1988. Posteriormente, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), em 1996, definiu o papel das instituições de ensino superior (IES) e destacou sua importância na condução do conhecimento em seus diferentes níveis (globais, nacionais e regionais). Assim, a atuação da comunidade acadêmica na prestação de serviços à população se desenhou como um caminho de integração do tripé universitário – ensino, pesquisa e extensão – e colocou o conhecimento científico à serviço da sociedade. Assim fez a equipe médica da beSafe, sempre comprometida com os conceitos essenciais previstos na Constituição do Brasil transformando a extensão universitária em oportunidade de transformar vidas por meio do ensino de primeiros socorros para populações carentes do Rio de Janeiro.

Os dados do time beSafe falam por si só.

Durante toda a graduação médica, a equipe beSafe, pelo modelo das Ligas Acadêmicas, orientada pela nossa Diretora Médica Fátima Carneiro, reuniu-se para agregar e aprofundar conhecimentos médicos para outros colegas da área da saúde, bem como colocá-los em prática atendendo as demandas da comunidade.

No Rio de Janeiro, sob a coordenação de (docente adjunta e diretora de extensão da FMUFRJ?? e da equipe beSafe, foi fundada a Liga de Anestesiologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (LANES/UFRJ), no ano de 2016. Pouco a pouco, o processo de organização e gestão da liga se solidificaram e seu sucesso permitiu que a LANES/UFRJ fosse adiante, de modo a abarcar, além do ensino médico, a pesquisa e a extensão universitária por meio de projetos sociais de ensino de primeiros socorros e atendimento pré-hospitalar (APH) e se concretizasse como um instrumento de difusão de conhecimento, promoção de saúde e transformação social, bem como capacitação médica e gestora de todos os membros da beSafe.

ENSINO MÉDICO: DA TEORIA À PRÁTICA

Tudo surgiu com a gestão em ensino por parte do nosso time. Inicialmente, promovendo apenas com aulas teóricas semanais sobre temas escolhidos pela diretoria em reunião com nossos orientadores, a LANES, gerida e criada pelo time beSafe, hoje, apresenta uma diversidade de atividades.

Ensinos teórico e prático

As aulas teóricas são semanais e contam com grandes palestrantes de diferentes áreas da saúde em diferentes fases da formação profissional para que o ligante consiga perceber a evolução do seu conhecimento em diferentes esferas. O calendário é definido sempre no início de cada semestre, quando são formalizados os convites para todos palestrantes. As aulas são realizadas no horário do almoço, às quartas-feiras, possuem duração de aproximadamente uma hora e são abertas para todo público interessado, não só da área da saúde, bem como de outras instituições de ensino superior.

Além disso, a LANES também fornece atividades práticas ministradas por seus diretores e membros da equipe beSafe, que são previamente capacitados por professores credenciados à UFRJ ou convidados da liga. Visitas guiadas ao centro cirúrgico do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) ocorrem de acordo com a demanda dos alunos, que formam grupos de no máximo três pessoas, normalmente duas vezes na semana. Essas visitas levam ao aluno a possibilidade de vivenciar a rotina de um anestesiologista e de profissionais da saúde de outras áreas de atuação, observar um procedimento anestésico e entender o funcionamento de um centro cirúrgico com visão multidisciplinar.

O treinamento prático de manejo de vias aéreas, por sua vez, é realizado no Laboratório de Simulações Multiplataformas (LABSIM) da UFRJ. Nele, são apresentados os equipamentos mais comumente utilizados (muitas vezes não conhecidos pelos alunos) e diversas técnicas são colocadas em prática para que os alunos tenham capacitadas habilidades em diferentes formas de ventilação. Para participar dessa atividade, eles precisam ter assistido às aulas teóricas sobre manejo de vias aéreas e formar grupos de quatro pessoas que se revezam em duas ou três estações, cada uma com um diretor da LANES. A prioridade da ventilação sobre a intubação e a importância da correta avaliação do paciente sempre são ressaltadas para que a escolha da abordagem das vias aéreas seja adequada. No mesmo dia e com os mesmos grupos também se realiza o treinamento de simulação de parada cardiorrespiratória. Ele é baseado nos programas Suporte Básico de Vida (SBV) – primeiros socorros – e Suporte Avançado de Vida Cardiovascular (SAVC) da American Heart Association e ensina ao aluno os protocolos de ressuscitação cardiopulmonar com prática em manequins.

Além disso, ao longo dos anos, foi observada uma deficiência nos alunos no que diz respeito a paramentação e a prática de acessos venosos. Por isso, a partir de 2021, os diretores ministrarão também esse treinamento aos demais colegas, principalmente pela demanda proporcionada pelo novo coronavírus.

Ao final de todo semestre, ainda, é realizada uma simulação realística no LABSIM com os alunos que obtiveram participação em 70% ou mais das atividades oferecidas voltada para o manejo de situações de emergência. Essa envolve manequins de simulação de alta complexidade e casos clínicos formulados em parte pelo time beSafe, pelos professores orientadores e outros diretores da LANES que supervisionam a atividade. Exige que o aluno correlacione todos aprendizados do semestre e permite que ele memorize com mais eficiência e qualidade ao aplicá-los na prática. Em algumas ocasiões, as simulações foram realizadas para os ligantes e para os médicos residentes em anestesiologia em parceria com o Centro de Ensino e Treinamento (CET) Professor Bento Gonçalves – serviço de anestesiologia do HUCFF/UFRJ.

Todas essas atividades foram criadas e promovidas pela beSafe dentro do ambiente universitário.

Extensão universitária e projetos sociais

Conheça o papel social desenvolvido pelo nosso time clicando abaixo:

GESTÃO DE PROJETOS

O time beSafe junto da LANES/UFRJ também dedicou suas atividades à organização e gestão de grandes e ambiciosos projetos extra-muros da universidade. Em 2018, em conjunto com outras Ligas Acadêmicas parceiras, fundou a Associação Interligas Acadêmicas de Anestesiologia do Estado do Rio de Janeiro (AILADERJ) presidida pelo CEO Rafael Kader durante os dois primeiros anos de existência. Em 2020, a AILADERJ conta com um número expressivo Ligas Acadêmicas de Anestesiologia, de Dor e de Cuidados Paliativos de instituições médicas espalhadas por cidades de todo Estado. O projeto consiste de modo geral em um cronograma de ensino teórico-prático integrado direcionado ao médico generalista, bem como na realização de projetos sociais de extensão de ensino de primeiros socorros para leigos e de ações voltadas à pesquisa como apresentação de trabalhos em congressos, produção literária médica e organização de eventos científicos. Hoje, o projeto cresceu e todo esse movimento ecoa pelos quatro cantos do país seguindo o pioneirismo de nosso CEO.

EFEITO MULTIPLICADOR IMENSURÁVEL DO ENSINO DE PRIMEIROS SOCORROS PELA EQUIPE BESAFE

Destacam-se, ainda, os eventos científicos realizados liderados pela equipe beSafe junto da LANES/UFRJ e Serviço de Anestesiologia do HUCFF/UFRJ. A dinâmica de execução de um congresso científico consistiu em prove espaço confortável luxuoso, interativo e de fácil acesso na cidade capaz de comportar cerca de 200 pessoas, com contratação de equipes de audiovisual, limpeza e segurança e auxílio de grandes de patrocinadores. Profissionais renomados na área médica de todo o país prestigiaram os cinco eventos realizados até o momento, chegando a contar workshop sobre conhecimentos intensivos no cuidado perioperatório – convidado do estado de São Paulo – e com palestrante chefe do departamento de Anestesiologia do hospital da Yale Medical School (EUA) para abrilhantar o congresso. Mais uma vez, nosso CEO Rafael Kader foi o responsável pela gestão e coordenação de cada etapa desses eventos.

Pesquisa científica

Confira no botão abaixo um pouco mais sobre o desenvolvimento científico do nosso time nos últimos anos.

Agradecimentos

beSafe agradece a maior universidade federal do país, a UFRJ, e a grande parceira LANES/UFRJ. Agradece também todos os demais colegas diretores da LANES, alunos e cidadãos credenciados aos projetos que ofereceram um pouco de seu tempo para o aprendizado e multiplicação de todo esse conhecimento e atividades que impactam, por meio da educação, saúde e ciência, milhares de vidas.

bESAFE HEALTH&EDTECH © 2021
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

bESAFE HEALTH&EDTECH © 2021 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.