beSafe & Projetos Sociais

Há cinco anos, a equipe beSafe está comprometida com o ensino de primeiros socorros para populações fragilizadas no estado do Rio de Janeiro. Pelo crescimento e impacto regional da atividade, houve cadastro na Pró-Reitoria de Extensão da UFRJ (PR5), a partir do ano de 2018, de todos os seus projetos. Assim, os participantes passaram a também ser certificados pela UFRJ e a ter o cadastro de horas de extensão em seus currículos universitários. Dessa maneira, os projetos – que eram somente sociais – se tornaram ações de extensão oficiais cadastrados na PR5.

FORMAMOS MULTIPLICADORES DE CONHECIMENTO!

Ao longo dos anos, diversos projetos sociais de ensino de primeiros socorros foram desenvolvidos. O primeiro deles nasceu em 2017 em parceria com o Centro Integrado de Educação Pública (CIEP) Yuri Gagarin no bairro de Ramos, Rio de Janeiro, o chamado “Salvando Vidas”. Ele envolve, semestralmente, em média, mais de cinquenta alunos e familiares do CIEP, alunos da UFRJ e membros da população local. Tem como objetivo a capacitação de jovens e adultos do ciclo fundamental para prestar atendimento básico de suporte à vida (SBV), difundir conhecimentos e, por conseguinte, estimular a formação de indivíduos conscientes e transformadores da sociedade. Consiste em quatro encontros semestrais, com duração aproximada de duas horas cada um, nos quais as aulas são ministradas pelos diretores e supervisionadas pelos professores orientadores. Dentre os temas abordados, destacam-se: ”Princípios básicos do atendimento”, ”Atendimento em situações especiais”, “Parada cardiorrespiratória e engasgo” e ‘’Fatores que aumentam a mortalidade na população em geral’’. Além das aulas teóricas, sempre abertas às dúvidas e ao diálogo, o projeto também conta com atividades práticas de treinamento de reanimação cardiorrespiratória e manobra de Heimlich em manequins financiados pela própria equipe beSafe e LANES/UFRJ.

O controle de qualidade de aprendizado é rigoroso: ao final, a escola exige de seus alunos um relatório de toda a atividade e aqueles com mais de 75% de presença são certificados como socorristas treinados.

O SOCORRISTA TREINADO SALVA VIDAS!

O segundo dos projetos foi cadastrado em 2018, chamado de “Salvando Vidas em Grandes Eventos”. Após os graves acidentes ocorridos no desfile das Escolas de Samba do Rio de Janeiro em 2017, o Grêmio Recreativo Escola de Samba Portela (GRES Portela) procurou a equipe beSafe representada pela LANES/UFRJ interessado em capacitar seus integrantes para evitar que uma situação como aquela pudesse ocorrer com seus integrantes. O convite foi aceito e ganhou muita repercussão na mídia carioca tendo sido veiculado nas rádios e jornais locais. A partir de então, o curso é ministrado semestralmente nos moldes do “Salvando Vidas’’ com as devidas adaptações à realidade da comunidade local do bairro de Madureira, Rio de Janeiro, como, por exemplo, a abordagem mais criteriosa do tema ”incêndio‘’.

O terceiro projeto é denominado “Salvando Vidas em Cenários Populares” e foi cadastrado em 2019. Devido à grande repercussão da parceria com o GRES Portela, a equipe beSafe junto à LANES/UFRJ foi convidada pela Fundição Progresso do Rio de Janeiro – o maior centro cultural independente do Brasil – para também capacitar seus funcionários. O convite foi mais uma vez aceito. Devido a uma reforma do espaço cultural, a única edição do projeto até então ocorreu no Circo Crescer & Viver no centro do Rio de Janeiro e contou com mais de 150 participantes em sua primeira edição. O curso foi ministrado em apenas um encontro em modelo de imersão, ocupando os turnos matutino e vespertino. Mais uma vez, todo o conteúdo foi reformulado e adaptado às necessidades da comunidade envolvida.

CERCA DE MIL SOCORRISTAS TREINADOS PRESENCIALMENTE!

MENINO LUCAS

É HORA DO PAÍS MUDAR A PRECÁRIA REALIDADE DO ENSINO DE PRIMEIROS SOCORROS.

A Lei Lucas foi criada por um menino ter ido à óbito por asfixia mecânica ao engasgar com um pedaço de salsicha de um cachorro quente em uma excursão da escola que frequentava, em Campinas. A morte ocorreu em questão de minutos e nenhum dos professores ou profissionais da instituição responsável pela excursão soube manusear a situação com conceitos básicos de socorristas treinados em primeiros socorros.

O menino chegou a transferido em uma UTI móvel para o hospital e, depois de sete paradas cardíacas em 50 minutos de tentativas de ressuscitação, não resistiu. Então, surgiu a Lei Lucas, que segue abaixo:

Lei Lucas nº 13.722, de 4 de outubro de 2018:

Atualização (Reciclagem) – lei nº 13.722 do Senado Federal:

Torna obrigatória a capacitação em noções básicas de primeiros socorros de professores e funcionários de estabelecimentos de ensino públicos e privados de educação básica e de estabelecimentos de recreação infantil.

“§ 1º O curso deverá ser ofertado anualmente e destinar-se à capacitação e/ou à reciclagem de parte dos professores e funcionários dos estabelecimentos de ensino e recreação a que se refere o caput deste artigo, sem prejuízo de suas atividades ordinárias”.

Fonte: Diário Oficial da União

Foi aí que a beSafe junto da LANES/UFRJ resolveram expandir os projetos, motivados pela Lei Lucas e pela mudança no panorama do desconhecimento no tema tão evidente no país – principalmente comparando com outras nações – de modo a aproveitar a situação de isolamento social da pandemia e disseminar o ensino por todo o Brasil pela internet.

DEMOS ESCALA AO ENSINO DE PRIMEIROS SOCORROS!

O Projeto Salvando Vidas, projeto de extensão oficial da UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro – teve a sua primeira edição em 2017, e desde então vem crescendo e atingindo um número cada vez maior de pessoas.

Nesse projeto, a nossa equipe médica, por meio da Liga Acadêmica de Anestesiologia (LANES/UFRJ), ministra aulas de caráter teórico e prático sobre primeiros socorros e atendimento pré-hospitalar de emergência. Com material profissional, vídeos práticos, conteúdo sempre atualizado e contato direto com a população, conseguimos transmitir esse conhecimento tão importante para a comunidade ao nosso redor, por meio de nossos parceiros. Com linguagem e didática totalmente acessíveis, mudamos a realidade social de mais de 6000 pessoas no decorrer desses anos. Hoje, eles estão preparados para, literalmente, salvar uma vida.

Conheça um pouco dos dados dos nossos projetos e nosso crescimento. Contudo, com a beSafe, pretendemos atingir níveis ainda maiores!

Parâmetros numéricos do Projeto Salvando Vidas em 4 encontros (R = respostas).

Parâmetros numéricos do Projeto Salvando Vidas em encontro único (R = respostas).

Análise gráfica comparativa entre as duas edições remotas do Projeto Salvando Vidas em Casa.

MAIS DE 6000 PESSOAS IMPACTADAS!

A equipe beSafe e os demais membros da LANES/UFRJ orgulham-se por terem auxiliado na formação de tantos multiplicadores do conhecimento e colaborado para esclarecer tantas dúvidas acerca dos primeiros socorros para a população em geral.

É SÓ O COMEÇO. VAMOS MUDAR O BRASIL!

FAÇA PARTE VOCÊ TAMBÉM DA CORRENTE PELA VIDA ACESSANDO NOSSO CURSO E INDICANDO PARA TODOS AO REDOR.

bESAFE HEALTH&EDTECH © 2021
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

bESAFE HEALTH&EDTECH © 2021 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.